Dispnéia

(Foto: dia 2 de infecção, Dr Yale Tung Chen, @yale tung, Twiiter)

A febre passou, e eu consegui dormir por mais de cinco horas seguidas. Um céu brando e acinzentado esta manhã. Acordei com uma dispnéia leve, e fiz alguns exercícios para controlar a respiração. Dispnéia, palavra oriunda do Latim dyspnoea, do grego dúspnoia, de dys, ‘mau, inadequado’, e pnein, ‘respirar’. Dificuldade de respirar.

É difícil usar o estetoscópio em você mesma, e minha ausculta parece limpa. A frequência respiratória está normal. Ontem também tive um pouco de dispnéia, e uma leve dor ao respirar, são sensações desconfortáveis. Meu marido e filha desceram para o jardim, e fui até a varanda de roupão para tomar sol e ar fresco. Ajudou. Fiquei pensando na tuberculose, doença que mata muita gente ainda (como me lembra uma amiga infectologista), nos sanatórios.  Coloquei outro filme brasileiro na minha lista para assistir. Floradas na Serra, com Cacilda Becker.

Ter acesso às informações é bom e ruim ao mesmo tempo, porque aumenta a ansiedade, mas esta é a hora de ser paciente, de estar do outro lado, o que para médicos não é fácil. Há muitas mudanças ocorrendo na profissão médica, e outras ocupações têm se tornado secundárias. Alguns hospitais psiquiátricos em Londres estão tornando-se temporariamente unidades de coronavírus, por exemplo.

O covid-19 tem um tropismo especial pelos pulmões, mesmo em pessoas sem sintomas respiratórios. Sigo um médico chinês radiologista baseado em Madrid que se infectou com o vírus. Todo dia ele faz um ultrassom dos pulmões. Apesar de ter apresentado sintomas leves, ele percebeu um espessamento na pleura e outros achados de imagem desde o começo da infecção. O registro dele é original e muito útil. Podemos aprender com os próprios sintomas e observações, que serão úteis para o nosso trabalho.

Meu apetite voltou um pouco, mas a comida está sem gosto. Meu olfato e meu paladar diminuíram. Tentei cheirar acetona e não senti quase nada. Um sintoma precoce de infecção pelo covid-19 que foi alertado pelos neurologistas espanhóis.

O que me incomoda no momento é um pouco de náusea, um trânsito intestinal mais acelerado. Há pessoas apresentando só sintomas digestivos, até mesmo dor abdominal, e outras que terão sintomas respiratórios mais tarde. Isso só se soube bem recentemente. É preciso estar alerta. Nem tudo é a tríade dispnéia-tosse seca-febre alta.

Enquanto isso, meu sistema imunológico segue combatente. De forma geral, me sinto melhor e mais disposta hoje. As mulheres são mais saudáveis, têm menos comorbidades, e por este motivo parecem se recuperar mais rápido da infecção pelo covid-19. A mortalidade é nitidamente maior nos homens. Eis aí uma vantagem de gênero.

Virna Teixeira

One thought on “Dispnéia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s